A professora de Psicopedagogia do UNIFIEO, Beatriz Scoz, está lançando o livro

Identidade e Subjetividade de Professores sentidos do aprender e do ensinar, Editora Vozes.

O propósito deste livro é justamente evidenciar as identidades e subjetividades de professores e educadores. Enfim, percebê-los como sujeitos que vão produzindo sentidos em seus processos de aprender e de ensinar. Para isso, utiliza-se um recurso inovador na área da educação: o Jogo de Areia, uma técnica vivencial. Nela, através das cenas de ensino e aprendizagem, a identidade e a subjetividade dos professores e educadores se revelam a eles mesmos e ao mediador para além da palavra dita, do ato realizado.

O livro Psicopedagogia e Realidade Escolar – O problema escolar e de aprendizagem, Editora Vozes, está na 17ª edição.

O livro analisa as concepções dos educadores da escola a respeito dos problemas de aprendizagem: o que pode ser ou não um problema para aprender; quais meios e agentes utilizam para lidar com essas questões e quais os fatores que interferem nesse trabalho. Propõe alternativas de ação a partir da contribuição da Psicopedagogia, não perdendo de vista as condições reais da existência da escola e atendendo alunos e educadores em suas reais necessidades.

A professora dra. Beatriz Judith Lima Scoz é a coordenadora da pesquisa Ensino e Aprendizagem: Contribuições a partir da Perspectiva da Subjetividade finalizada no mês de maio. Essa pesquisa é interinstucional e foi financiada pelo CNPq, envolve o UNIFIEO e a Universidade de Brasília - UnB, representada pela profª dra. Maria Carmen Villela Rosa Tacca.

Ela também acaba de ser eleita representante do Brasil na Sociedade Intermericana de Psicologia – SIP, entidade que congrega universidades, pesquisadores e profissionais da área de psicologia de todos os países da América. A posse ocorre em junho, durante o XIII Simpósio da Sociedade Interamericana de Psicologia, na Colômbia. A posse tem vigor até 2013.